sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Calorias: introdução e conceitos




Talvez não exista um assunto mais comentado dentro do universo da nutrição do que as calorias, principalmente por aqueles que se preocupam com saúde e alimentação. Por esse motivo, essa primeira série de posts será dedicada a elas, onde irei falar sobre conceito, aplicação e se há ou não diferença nas calorias obtidas de nutrientes diferentes (carboidratos, proteínas e lipídeos), com exemplos teóricos e práticos.


O que é uma caloria?

Por definição, caloria (cal) é uma medida que indica a quantidade de energia necessária para elevar a temperatura de 1 g de água de 14,5 para 15,5 °C. Foram definidas as temperaturas de 14,5 e 15,5 °C porque essa variação de 1 °C, dependendo da temperatura inicial da água, pode necessitar de uma quantidade diferente de energia. Por exemplo, a quantidade necessária de energia para elevar a temperatura da água de 26 para 27 °C não é exatamente 1 caloria, mesmo que a diferença entre essas duas temperaturas ainda seja de 1 °C, com no exemplo de 14,5 para 15,5 °C.

A caloria faz parte do sistema métrico de unidades, mas não do sistema internacional. Por esse motivo, diversos países utilizam a unidade de energia joule (J) ao invés da caloria. Uma caloria equivale a aproximadamente 4,2 joules – ou seja, são unidades intercambiáveis desde que seja respeitada essa proporção.


No entanto, quando nos referimos às calorias presentes nos alimentos, a definição de “caloria” é um pouco diferente. Na verdade estamos falando da quilocaloria (kcal), que seria a quantidade de energia necessária para elevar 1 kg de água de 14,5 para 15,5 °C. Ou seja, 1 quilocaloria nada mais é do que 1000 calorias. Mas por que então todo mundo chama quilocaloria apenas de caloria? Um dos motivos é porque o termo quilocaloria também pode ser referenciado como Caloria, desde que o “C” seja grafado com letra maiúscula. Outro motivo pode ser por preguiça mesmo. De qualquer forma, tornou-se comum referir o termo quilocaloria simplesmente como “caloria”.

Para facilitar a compreensão e fluência dos textos, e também porque sempre estaremos nos referindo a alimentos, o termo caloria será sempre sinônimo de quilocaloria (kcal).



Qual é a importância das calorias?

O paradigma atual preconiza que a quantidade de calorias ingeridas através da alimentação e a quantidade de calorias gastas pelas atividades vitais do corpo e por atividades físicas, por exemplo, são os determinantes da composição corporal. Ou seja, quando ingerimos mais calorias do que gastamos, geramos o que podemos chamar de balanço energético (ou calórico) positivo  onde o excesso de calorias resultará no ganho de peso. Por outro lado, quando ingerimos menos calorias do que gastamos, entramos num estado de balanço energético negativo  resultando na perda de peso pelo déficit de calorias. Quando as calorias consumidas são iguais às despendidas, temos um equilíbrio energético e, portanto, não existe ganho ou perda de peso.


Assim, as calorias dos alimentos são consideradas importantes porque se configuram como a principal forma de se estimar a quantidade de energia que um indivíduo consome – o que, teoricamente, pode definir se um indivíduo vai ganhar, perder ou manter seu peso, dependendo da sua alimentação. Mas será que o simples cálculo de calorias ingeridas e calorias gastas é suficiente para prever ganho ou perda de peso de uma forma verdadeiramente fidedigna? Será que as calorias provenientes de carboidratos, gorduras e proteínas são todas as mesmas e, portanto, deveriam ser consideradas iguais quando se deseja estimar o consumo energético de um indivíduo? É o que veremos nos próximos posts.




4 comentários:

  1. Legal. Parabéns pelo blog! Vamos acompanhar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, André! Fique ligado nos próximos posts. Garanto que serão bem interessantes!

      Excluir
  2. Caro João Gabriel,
    O blog do Dr. Souto faz referencia ao seu. Que tal retribuir incluindo o blog dele na sua lista de sites recomendados.

    Parabéns pelo BLOG. O mundo precisa de mais pessoas como você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Farad!

      Então, não sei o que aconteceu, mas não consigo adicionar alguns sites na lista... mas assim que o problema estiver corrigido, estará lá disponível com certeza. Obrigado também por essa observação!

      Excluir